domingo, 18 de outubro de 2015

Em entrevista, Juliana Baroni conta tudo sobre Cúmplices

O SBT em Revista bateu um papo com a intérprete de Rebeca em Cúmplices de um Resgate!

Com um jeito meigo e muito talento, Juliana Baroni - a interprete da doce Rebeca em Cúmplices de um Resgate - está conquistando cada dia mais a atenção e o carinho do público. O SBT em Revista conversou com a atriz sobre seu trabalho na novela, e sobre sua vida pessoal. Confira como foi o bate-papo:

SOBRE TRABALHO

Você chegou a conversar com a Iris Abravanel antes de começar a gravar?
Eu conheci a Iris no dia que ela veio apresentar a novela para o elenco já escalado. Eu conversei com ela um pouco sobre a Rebeca, e a visão que ela tem da personagem é a mesma que eu tinha lendo. E isso foi legal. A gente está no caminho certo, na visão dela. Porque estamos em harmonia, todas as equipes: a direção, as autoras, o elenco, a equipe de cabelo, de maquiagem, por isso que dá certo.

Como é o seu relacionamento com o elenco?
Nós somos uma família de verdade. A gente se telefona, a gente se gosta. Esses dias fui ver a peça da Mira [Haar], mesmo com a correria. Somos todos muito amigos.

Como está sendo a recepção do público?
Esses dias a gente foi gravar em Cabreúva (SP) e foi um tumulto. Desde a época de Paquita que eu não sinto esse assédio tão forte do público. Porque o público infantil é mais caloroso, mesmo. Nas redes sociais a gente vê milhares de fã-clubes e pessoas torcendo pelo casal, comentando sobre a novela nas redes sociais. A resposta do público foi imediata e muito intensa, a gente esperava, mas superou nossas expectativas. E o elenco inteiro está muito feliz.

SOBRE FAMÍLIA

E como está sendo conciliar a volta ao trabalho com a vida pessoal?
Agora as coisas já entraram em uma rotina bacana, mas no começo eu senti muita falta da minha filha. Como eu estava grudada nela, eu tive uma licença maternidade muito grande, pude ficar com ela quase um ano. Então fiquei muito apegada. Mas ela está bem, acho que está sendo importante essa relação, porque essa é minha profissão, ela vai ter que se acostumar com meus períodos de ausência. E o tempo todo que tenho livre é dedicado 100% a ela. Está dando tudo certo, estou bem feliz.

E a participação da sua filha no clipe?

Nossa, foi emocionante! O Rica Mantoanelli, que foi o diretor, me falou: “Ju, a gente vai precisar de um bebê para fazer a Manuela pequena e sua filha parece tanto com você e com a Lari. O que você acha da sua filha fazer uma participação?” Eu disse que ia adorar! Não é forçando um trabalho dela como atriz, porque ela é um bebê, mas foi uma coisa afetiva pra mim. Um registro que eu vou ter dela em 4k pro resto da vida. E também é uma comemoração da minha volta ao trabalho, da minha maternidade. Acho que ali fundiram as emoções da minha vida pessoal e da Rebeca. Eu vi o clipe em casa, nossa, chorei, fiquei feliz... Porque ela está muito linda no clipe e depois aparece a Lari que é uma pessoa que eu adotei como filha. Lari é uma menina adorável, uma atriz maravilhosa. Tenho um carinho de mãe e filha com ela.