segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Safira dá piti na empresa e briga com Rebeca e Otávio

Fiorina escuta um barulho na sapataria e vai com rolo de macarrão até lá. A italiana encontra Nina e acha que ela foi até lá para sair com Giuseppe escondida. A evangélica assume que foi apenas para ver a santa. Regina tenta invadir o apartamento dos Vaz, mas não consegue. Isabela tem um pesadelo e acredita na afirmação de Regina, que contou que Rebeca havia lhe abandonado. Sabrina diz para Mateus desistir da professora, pois ela já está de namorico com o pastor. O menino entrega flores para a professora. Giuseppe descobre que a santa que chora não passa de um acidente motivado por uma goteira no teto. O italiano não sabe o que fazer. Isabela se disfarça de menino, com roupa de escoteiro, para ir ao lado dos irmãos Vaz e de André para resgatar Manuela. Uma emissora de TV vai até a sapataria para verificar a santa e o padre avisa que o Papa também já está ciente. Giuseppe se preocupa com a história que está indo longe demais. O italiano decide contar sua descoberta sobre a santa e revela que as lágrimas se tratavam de uma goteira. Safira vê Rebeca usando os sapatos novos que chegaram para a coleção da empresa, mas que foram cedidos por Frederico. Safira surta e grita com a mulher. Otávio aparece e diz que ela pode ficar com o sapato. No escritório, Safira discute com Otávio. Frederico aparece e explica o que aconteceu. No vilarejo, as pessoas se revoltam ao saber que a santa não chorava. Manuela espera seus amigos entrarem em ação para fazer o seu resgate. André e Isabela, disfarçados de escoteiros, conversam com Navarro na porta da mansão. O capanga lembra que o menino esteve lá no dia em que Isabela desapareceu.