sábado, 16 de janeiro de 2016

Nesta segunda: Isa trata Rebeca com frieza e mãe estranha

Helena chama a atenção de Pedro, que não quer participar da festa do retorno de Manuela por estar com ciúme de Otávio, que encontrou a menina. Joaquim, Felipe e Julia conseguem uma carona para sair da mata e voltar para a cidade. Todos do vilarejo vão até a casa de Rebeca para comemorar a volta de Manuela, que na verdade é Isabela. Navarro e Vargas observam tudo no Vilarejo. Geraldo e Regina conversam sobre o ocorrido após serem avisados pelos capangas. Safira está irritada com o surgimento de Manuela, pois acredita que agora não haverá empecilhos para Otávio se casar com Rebeca. Fortunato vai até a sala de Safira na empresa e pede para se reaproximarem. Safira grita que isso não irá acontecerá e que ela não quer mais ver a cara dele. Rebeca pergunta para Manuela, que na verdade é Isabela, se está tudo bem. A garota diz para ela não chegar muito perto dela. Téo, Dóris e Mateus estranham o comportamento abalado e distante de Manuela, pois quando estavam na mata ela estava muito comunicativa. Rebeca diz pra Otávio, Helena e Nina que Manuela está muito arisca. A mulher garante estar preocupada com ela. Sozinha, Isabela diz que não pode se envolver, pois Rebeca lhe abandonou e ama apenas Manuela. Otávio vai conversar com Manuela e diz que todos do vilarejo já foram embora, mas que a família está preocupada com tudo que aconteceu com ela no passado. Isabela inventa que não pode dizer quem eram os bandidos, pois ficou vendada o tempo todo e que não quer falar sobre isso. Flávia e o Pastor Augusto querem que Manuela também participe da peça. Regina decide que não vai fazer nada com Isabela, pois pode ser bom essa mudança a princípio é por acreditar que ela não vai querer por sua herança em perigo.