segunda-feira, 18 de abril de 2016

Cúmplices de um Resgate: repetitivo

Cúmplices de um Resgate é a terceira novela infantil exibida pelo SBT. 

Há uma boa história? Sim. Na trama, Rebeca é mãe de Manuela, uma doce menina. Já Regina, é "mãe"  de Isabela, uma garota prepotente e arrogante. Mas, na verdade, Isabela e Manuela são irmãs-gêmeas, filhas de Rebeca, mas Regina sequestrou uma das filhas (sem que ninguém soubesse) com a ajuda de Geraldo, seu irmão, e Dr. Vinícius, que parece ter morrido, para ela  continuar rica, pois assim, Orlando não poderia se divorciar dela..

A história realmente parece muito boa... e é. O problema é que, como todas as novelas infantis feitas desde 2012, pelo SBT, apresenta um número absurdo de capítulos, pois dá audiência. Por exemplo, Carrossel teve 310 capítulos, que é um grande número se comparada a outras telenovelas nacionais. Chiquititas teve 545 capítulos, que é um número simplesmente absurdo. No meio, ela fica sem sentido e personagens secundários ganham mais destaque que principais.

Bom, C1R tem previsão de 250 capítulos, mas a novela foi esticada, e pode acabar em novembro, caso não adicionem mais enrolação.


Nada de bom acontece para as gêmeas, de modo que Regina sempre se dá bem em toda e qualquer situação. Para se ter uma ideia, Complices al Rescate, versão original, produzida em 2002, no México, teve 132 capítulos, e a partir do capítulo 100, as pessoas afirmam que fica repetitiva, chata, ruim, sem rumo. Imagina a versão brasileira que terá mais de 300 capítulos! Nem tem história para isso tudo.

Os internautas estão insatisfeitos com a telenovela. os motivos são vários: a enrolação, as brigas religiosas promovidas por Dona Fiorina e Dona Nina, por serem de igrejas diferentes: uma é católica e outra é evangélica. Além de vários outros, como o abobalhamento dos capangas de Regina, atenção exagerada para coadjuvantes (Bira e Letícia são a prova viva disso), além das maluquices de Dona Meire, que já ultrapassaram todos os limites.

Bom, devo dizer que gosto da novela e a acompanho todos os dias, mas devo admitir: está enjoativa. Veremos o que acontecerá nos próximos capítulos.

As opiniões expressas neste texto não refletem a opinião do site "Cúmplices Brasil" e são de total responsabilidade de seu idealizador.