quarta-feira, 13 de abril de 2016

SBT utiliza enredo de novela para conscientizar sobre doação de sangue

Com objetivo de conscientizar as pessoas sobre a importância da doação de sangue, o SBT do Bem resolveu utilizar drama da ficção para lançar a campanha #DoepelaPriscila. A ação se baseia no enredo da novela ‘Cúmplices de Um Resgate’, em que a personagem Priscila, interpretada pela atriz Giovanna Chaves, sofre grave acidente e precisa de doações de sangue para sobreviver.
Com #DoepelaPriscila, SBT leva causa da ficção para a vida real (Imagem: Reprodução/Youtube)


Logo após o episódio em que o médico anuncia que Priscila precisa receber sangue, a emissora iniciou grande mobilização em todos os seus canais para convocar o público da vida real a doar sangue pela personagem. “Por meio da força midiática do SBT, o objetivo é sensibilizar as pessoas com o drama da novela. Mostrar que gesto simples pode determinar se a pessoa viverá ou não”, declarou a gerente de marketing, Priscila Stoliar.

Criada pela agência Leo Burnett Tailor Made para o hemocentro Clube Sangue Bom, com a parceria do SBT do Bem, a campanha #DoepelaPriscila será ativada durante toda a semana em que a personagem Priscila seguirá no hospital. A cada final de episódio, o SBT colocará no ar vídeo de um personagem da trama fazendo apelo ao público.

Diretor de Criação da LBTM, Alexandre Pagano destacou que as pessoas só se mobilizam para doar sangue quando alguém muito próximo ou que tenha fortes relações afetivas esteja precisando. “Nada melhor que usar a força midiática de novela para conseguir essa sensibilização”.

“O Brasil é louco por novelas, de todos os tipos. Os telespectadores se envolvem com suas tramas e personagens, torcem por eles, tomam partido e fazem das novelas parte de seu cotidiano. Daí surgiu a ideia: por que não fazer com que o protagonista de novela precise de sangue, fazendo assim com que a população se mobilize e vá aos hemocentros? É ideia que mistura o mundo da ficção com a realidade em prol de milhares de vidas”, disse o diretor de criação da agência, João Caetano.

A ação de cross mídia também será ativada em outros programas do canal, com os apresentadores promovendo a causa, e nas redes sociais da emissora convidando as pessoas a irem até o hemocentro mais próximo doar. Ao longo de toda a semana, o público poderá acompanhar marca especial na tela da TV, em formato de gota de sangue, criada especialmente para a ação, que mostrará o nível de engajamento da campanha e de contribuições nos postos do Clube do Sangue Bom.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o ideal é que no mínimo 5% da população de país seja doadora de sangue regularmente para que os bancos de sangue estejam sempre abastecidos. Atualmente, no Brasil, entre 2% e 3% da população doa sangue regularmente, número abaixo do recomendado.

“A campanha desperta nas pessoas a importância da doação de sangue. O hábito da doação frequente de sangue é fundamental para os hemocentros manterem os seus estoques equilibrados durante todo ano, aumentando a segurança dos pacientes que necessitam de transfusões”, comentou o diretor administrativo do Clube Sangue Bom, Frederico Dutra.